Sexy Life

Ele me mata de tesão

Uma corrente elétrica percorre todo o meu corpo quando ele me toca. Incrível como um simples gesto pode me deixar em chamas. Seus dedos caminham lentamente por cada extensão do meu corpo e quanto mais ele acaricia, mais eu quero.

Lentamente, calmamente, ele vai explorando. Costas, seios, braços, coxas… Não há se quer uma parte que não seja contemplada por suas mãos firmes e ao mesmo tempo suaves. Solto um gemido quando seus dedos tocam levemente a minha calcinha, único tecido entre nós. Percebo que ele sorri. Pego sua mão e tento conduzi-la até onde preciso que ela esteja, mas ele me impede. Maldito!

Ele me agarra por trás e sinto sua ereção quase me perfurando, tento agarrá-lo, mas ele também não permite. Eu o detesto por um momento, mas não tenho como deixar o ódio crescer, porque ele começa a beijar meu pescoço, fazendo o tesão aumentar. Estou tão molhada… tão sedenta… Peço por ele. Peço que me toque mesmo.
Ele solta um grunhido, arranca minha calcinha e me beija ferozmente, tirando todo o meu ar. Em segundos está em cima de mim, estamos perfeitamente encaixados, seu membro todo dentro me preenchendo completamente enquanto seus lábios percorrem meus ombros. Ele me olha, e o olhar de desejo que ele me lança é tão forte que me devasta.
Desencaixo dele e o monto. Começo lentamente, alisando seu peitoral. Aos poucos começo a aumentar o ritmo. A cara de satisfação que ele faz a cada sentada que eu dou é como um estimulo maior para tudo o que eu sinto. Caio em seu corpo sem forças para continuar. Ele me rola, nos colocando lado a lado e recomeça. Agora o ritmo é mais intenso que antes.

Estamos tão dopados de tesão que qualquer coisa que tentássemos falar não seria entendível. Mas falar não é necessário, porque nossos gemidos e grunhidos são suficientes para expressar o que sentimos.
Ele tem um efeito tão grande sobre meu corpo que quando encontro o ápice, sendo seguida por ele, penso que vou morrer. Ou melhor, tenho a certeza: Ele me mata de tesão.

Comentários