Sentimentalismo

Não desista da sua vida

Pode ser que um dia tudo pareça um grande e escuro breu e você apenas fique ali parada, tentando se lembrar quando cada luz que existia dentro de você começou a se apagar.

Talvez nesse dia você esteja na zona do esquecimento de todas as pessoas que diziam se importar com você. Eu digo pra você, então: não desista!

Será apenas você de um lado e seus medos, dores e decepções do outro. Só você poderá se salvar, e digo mais: seria sensacional ver alguém sendo o herói ou a heroína da própria história. Só você sabe o tamanho da sua dor e o quanto dói cada perda na sua vida. Você sabe exatamente o que te fere e o que é capaz de te derrubar. Você sabe o que te assusta.

Perceba o poder que tem nas mãos de combater o que te ataca. Permita-se surgir das suas cinzas e colorir a sua vida, do seu jeito, no seu tempo e sendo quem você é… Leve o tempo que for necessário, mas não abra mão da sua vida.

A sua história pode salvar a vida de alguém.

Comentários