Retrospectiva Rock in Rio V

É isso aí galera, infelizmente o Rock in Rio 2017 tá acabando, mas relaxa que nós vamos relembrar de mais uma edição marcante: Rock in Rio V, de 2013.

Dia 13 de setembro

David Guetta trouxe toda a energia pra Cidade do Rock no dia de abertura, botou o pessoal pra pular! Com o peso de abrir para a rainha Beyoncé, Guetta não se intimidou e tocou “Play Hard”, música fresquinha na época, além de outras, como “Better Off Alone” e “Song 2”. Primeiro Rock in Rio dele, mostrou-se muito carismático e disse:

“Isto é tão incrível. Eu quero agradecer todos vocês por apoiarem meu trabalho todos esses anos. Vocês sabem como fazer festa.”

Resultado de imagem para david guetta rock in rio 2013 gif

Dia 14 de setembro

Neste dia, coube à galera do rock alternativo 30 Seconds to Mars levar a plateia ao delírio. Jared Leto se enturmou bastante, ficou bem à vontade (tanto que até tomou um açaízão). Além de chamar um garoto ao palco, ele cantou “Hurricane” no topo da tirolesa, descendo no estilo.

Resultado de imagem para david guetta rock in rio 2013 gif

Dia 15 de setembro

No dia seguinte, a rapaziada do Jota Quest representou o Brasil em meio à tantos conjuntos estrangeiros, que praticamente dominavam os setlists da Cidade. Flausino citou os protestos que estavam ocorrendo em todo o país, com uma bandeira do Brasil em cima dos ombros. Logo após, chamou Lulu Santos pra cantar “Tempos Modernos”, que até então só tinha dado as caras na edição de 1985.

Dia 19 de setembro

Alice in Chains fez uma ótima apresentação, porém William DuVall, substituto de Layne Staley (que faleceu em 2002), não conseguiu chamar muita atenção do público, que vibrou somente ao som da clássica “Man in the box” e “Would”. Coube a Jerry Cantrell ser a “energia” da banda, com seus riffs arrastados e bem executados na guitarra, característica do grunge.

Dia 20 de setembro

Para a surpresa dos que não apostavam nessa banda, Nickelback fez um show espetacular. Abriram com “Animals” e “Something in your mouth”, mas “Photograph” que foi o alvo de excessivas palmas do público. Os acordes chamaram atenção até de quem não conhecia a banda (passaram a gostar desde então). “Savin me” e “How you remind me” foram dois momentos nostálgicos, até eu mesmo me arrepiei de ouvir eles tocando.

Dia 21 de setembro

John Mayer conquistou corações nesse sábado, sem ser exagerado, diferente de outros artistas que fazem de tudo pra impressionar, Mayer foi simples e afetuoso, executando perfeitamente seus solos em blues, ritmo lento e precursor do rock. Depois de tocar “I don’t trust myself with loving you” e “Half of my heart”, ele declarou:

“Esperei tanto para ver vocês. Eu te amo, Rio.”

Resultado de imagem para john mayer rock in rio 2013 gif

Dia 22 de setembro

Um dos mestres do metal: Iron Maiden, fechou as apresentações com grandiosidade. Com quase duas horas de show, tocaram o repertório dos anos 80, baseando-se na turnê “The seventh son of a seventh son”, de 1988. Eles mostraram que o som deles estacionou no tempo, o velho e tradicional Iron Maiden que emplacava nas Billboards.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *